Como Ler Artigos Científicos e de Tecnologia

Ler é provavelmente o hábito mais saudável e libertador que alguém pode manter. A leitura relaxa, diverte e transmite o conhecimento entre as pessoas. Maravilha! Na área de tecnologia, onde as mudanças são constantes e muito rápidas, é essencial acompanhar boas fontes e ler, ler muito, sob o risco de ficar rapidamente desatualizado caso opte ("não tenho tempo", "não gosto", "não quero", também são opções, não se engane) por ignorar a necessidade de ler.

Mas é justamente o excesso de informação que acaba causando alguns inconvenientes: o quê ler? Em quais fontes posso confiar? E assim eu vejo que muita gente simplesmente não sabe ler, i.e., não sabe selecionar o que lê, ou então acaba fazendo leituras muito superficiais, e acabam totalmente dependentes da curadoria dos "evangelistas", ou "rockstars", ou seja lá como são chamados os "gurus tecnológicos" hoje em dia. Não estou dizendo que acompanhar as ideias de outras pessoas seja algo inerentemente ruim, muitas delas são obviamente competentes, mas é melhor ser capaz de fazer uma leitura crítica por si próprio, e desenvolver suas próprias ideias a respeito de qualquer assunto, e não apenas propagar as análises feitas por outras pessoas. Diversidade é saudável, e leva à evolução e consequentemente é bom para todos, certo?

Lembrei de um artigo muito bom e que me serviu bastante na época do mestrado, quando tinha que ler literalmente pilhas de artigos científicos, trata-se do Efficient Reading of Papers in Science and Technology (Leitura Eficiente de Artigos em Ciência e Tecnologia). Felizmente ele fiel ao que prega, é curto, vai direto ao assunto, e dá dicas preciosas. Então, chega de enrolação :)

Leitura Eficiente de Artigos em Ciência e Tecnologia

  • Preparado por:
    • Michael J. Hanson
  • Revisado e atualizado por:
    • Dylan J. McNamee Traduzido por:
    • Uilian R. Souza

Resumo: Como ler Um Artigo

  • Preparação
    • Lugar tranquilo.
    • Lápis, papel, cópia do artigo.
  • Decidindo o que ler
    • Leia o título e o resumo.
    • Ler, guardar, ou descartar?
  • Leitura superficial
    • O que eles fizeram?
    • "Escaneie" a introdução, cabeçalhos, figuras, definições, conclusões e bibliografia.
    • Considere a credibilidade.
    • Quão útil isto é?
    • Decida se deve ou não continuar.
  • Leitura em profundidade
    • Como ele fizeram.
    • Desafie os argumentos apresentados.
    • Examine os métodos.
    • Examine as estatística.
    • Examine o raciocínio e as conclusões.
    • Como eu posso aplicar a abordagem dos autores no meu trabalho.
  • Tome notas
    • Faça anotações enquanto você lê.
    • Destaque pontos importantes do texto.
    • Anote novos termos e definições.
    • Sumarize as tabelas e imagens.
    • Escreva um resumo.

Introdução: Porque Ler?

Antes de começar a ler um artigo, pense porque você está fazendo isto. O que você espera tirar dele? Suas necessidades controlam como você lê. Se você apenas necessita de informações básicas, uma rápida passada pelo texto pode ser suficiente. Caso você planeje apresentar o conteúdo à outras pessoas, você precisará mergulhar à fundo, desafiar os argumentos apresentados no artigo até que tenha compreendido completamente. Se você vai usar a informação posteriormente, fazer anotações ajudará você a se lembrar. Caso não faça ideia do que espera ganhar lendo o artigo, você não pode realmente afirmar se a leitura do mesmo trará algum benefício, ou se será uma total perda de tempo.

Para conseguir o máximo da sua leitura, você deveria estar bem preparado. Encontre um lugar calmo para fazer a leitura, onde você não será incomodado ou distraído, tenha um lápis e um bloco de notas à mão, e tenha em mente exatamente o que você espera tirar deste artigo.

O método para leitura de artigos científicos apresentado a seguir apresenta ideias sobre o processo de leitura de um artigo, como decidir o que ler, como construir um framework amplo através de uma passada rápida pelo texto, e como desafiar as ideias do artigo para atingir uma compreensão mais aprofundada. Finalmente, ele mostrará como tomar notas de forma que os pontos chave não se percam no momento em que você largue o artigo.

Considerando que a leitura é o processo de obter ideias a partir do autor, você deve focar na forma de pensar do autor, não apenas ler as palavras do artigo.

Decidindo o que ler

Quando você aborda inicialmente um artigo, pergunte-se "O quê o autor fez?". A simples leitura do resumo deveria responder esta pergunta. Então decida se o artigo é útil para você neste momento. Em caso afirmativo, leia-o. Caso contrário, é possível que venha a ser no futuro? Se sim, guarde para referência futura. Se não for relevante, simplismente ignore.

Leitura superficial: Construa uma estrutura básica para compreensão

Se você decidiu ler o artigo, dê uma primeria passada rápida por todo ele:

  • Leia a introdução.
  • Leia os cabeçalhos.
  • Olhe o conteúdo das tabelas e imagens e leia as legendas.
  • Leia as definições e teoremas.
  • Leia as conclusões.
  • Pondere a credibilidade do artigo:
    • Quem escreveu? Os autores são reconhecidos?
    • Onde os autores trabalham? Que tipo de tendenciosidade eles poderiam ter em virtude do seu empregador?
    • Onde o artigo foi publicado? Qual a reputação do periódico? A publicação foi utilizada como referência referenciada?
  • Veja rapidamente as referências:
    • Quão extensa ela é?
    • São referenciados artigos clássicos do campo de estudo?
    • Você já leu algum dos artigos citados nas referências?

Através desta primeira leitura superficial, você pode descobrir o quê os autores fizeram, e desenvolver um plano para entender as partes do artigo. O desenvolvimento deste plano soma-se ao seu conhecimento básico sobre o assunto, e dá a você a base para compreenção do artigo. Se você sabe a quais conclusões eles chegaram, você conseguirá acompanhar os argumentos apresentados mais facilmente. Conhecendo onde os autores querem chegar pode ajudar você a seguir o caminho traçado por eles e dará a você uma chance de encontrar atalhos ou apontar lugares onde eles cometeram erros.

Uma vez que você tenha passado por todo artigo, terá uma ideia geral da motivação dos autores, e o que eles fizeram. Então você pode decidir se deseja ou não saber mais. Caso você esteja interessado em como eles fizeram, leia o corpo do artigo para obter os detalhes. Caso contrário, guarde o que você aprendeu e se parabenize por ter salvo o tempo que gastaria com a leitura mais aprofundada.

Leitura em profundidade: Desafie o que foi lido

Há muito lixo sendo publicado, então você deveria ser seletivo quanto ao que lê e no que acredita. Qhando você lê um artigo em detalhes, aborde-o com ceticismo científico. Você pode fazer isto tentando destruir os argumentos apresentados.

  • Examine as suposições
    • Os resultados obtidos se baseiam em suposições sobre tendências, ou ambientes?
    • Estas suposições são razoáveis?
  • Examine os métodos
    • As afirmações são suportadas por medições?
    • Eles tem controles adequados?
    • Os testes foram executados de forma padrão?
  • Examine as estatísticas
    • Foram aplicados testes estatísticos apropriados?
    • Eles fizeram análises de erro apropriadas?
    • Os resultados obtidos são estatisticamente significantes?
  • Examine as conclusões
    • As conclusões obtidas podem ser mapeadas logicamente apartir das observações realizadas?
    • Quais outras explicações existem para os efeitos observados?
    • Quais outras conclusões ou correlações existem nos dados mas que os autores não apontaram? Através da visão crítica sobre o que é lido, você entenderá melhor o que os autores estão dizendo e porque eles estão dizendo. Você será capaz de decidir se as evidências suportam as conclusões apresentadas, e chegar às suas próprias conclusões a partir dos dados apresentados. Uma vez que você entenda o artigo, pergunte-se como aplicas a abordagem dos autores ao seu próprio tabalho.

Fazendo anotações: reaja ao que está sendo lido

Tomar notas ajudará você a entender o que está lendo e popará seu esforço futuro. Quando você tiver acabado de ler o artigo, é possível que tenha entendido ele bem. As definições estão claras, os gráficos mostram correlações só de olhar. Mas na próxima semana, quando você estiver escrevendo um relatório sobre o assunto, ou no próximo ano, quando você quiser fazer referência ao artigo novamente, pode ser que já não esteja tão claro.

Destaque os pontos mais importantes

Em artigos que você planeja manter catalogádos, sublinhe os pontos principais ou marque-os com uma linha na margem; faça notas de forma que novas ideias se destacarão. Quando você encontrar uma definição de um novo termo, abreviatura ou acrônimo, escreva "def" na margem. Quando você encontrar um exemplo que esclarece um ponto, tome nota na margem. Quando você vir um gráfico ou tabela, examine-o. Descubra o qual a sua significância. Quais tendências ele mostra? Quais correlações? Escreva uma nota explicativa à sua própria maneira.

Reaja aos pontos do artigo

Se você vê uma correlação com outro trabalho, anote-a na margem. Se você dúvida de uma afirmação, anote sua objeção. Se você considerar alguma passagem agradável, anote-a.

Resuma o que você lê

Quando você tiver digerido um artigo, escreva um resumo breve. Em suas próprias palavras, descreva o que você aprendeu a partir do artigo. Quais foram os pontos principais para você? Mantenha o resumo juntamente do artigo para referência futura. Reagir ao que você está lendo cria um envolvimento emocional com os argumentos. Emoções enfatizam o que é dito, tornando mais fácil de lembrar. Escrever um resumo ajuda a relacionar o artigo àquilo que você já sabe, novamente auxiliando a memória através da amarração do que foi aprendido ao seu próprio conjunto de informações sobre o assunto. O resumo também serve como uma referência quando precisar retornar ao artigo.

Tags: howto, leitura,
Written on January 15, 2016